Bolo de Milho Fofo

Adoro receitas que têm história. Esta é uma delas. Bem, há muitos anos atrás eu ia comprar roupas à noite, após o consultório, na boutique da Kaia, que funcionava no seu apartamento. Numa destas vezes, ela deu-me um pedaço de bolo de milho que me deixou babando. Então ganhei a receita, e ela tem-me sido fiel companheira ao longo do tempo. Faço para dar de presente, faço para visitas na casa da mamãe e, lógico, para mim mesma. Sabe aquela receitinha básica, deliciosa, fácil e super-rápida (haja adjetivos)? Pois é esta aí. Servida com um cafezinho às três da tarde é um verdadeiro manjar dos deuses. Experimente!

Fiz este bolinho hoje para receber a Lu, minha grande amiga e irmã, que está passando uns dias no Brasil, dando-me a graça de sua visita e companhia durante a tarde toda. E claro, não faltou o fragrante cafezinho – passado na cara do freguês – para acompanhá-lo.

Ingredientes * Copo: 185ml *Medidas rasas, salvo exceções explícitas
1. 1 vidro de leite de coco pequeno tradicional (200ml)
2. 200ml de leite de gado
3. 2 copos americanos de farinha de milho (uso Coringa ou Vitamilho)
4. 200 g de manteiga – NÃO use margarina: fica ressequido
5. 5 ovos inteiros
6. 10 gotas de essência de baunilha
7. 2 copos americanos + 4 colheres de sopa de açúcar
8. 1 colher de chá de sal

9. 3 colheres de sopa de fermento em pó
10. 1 copo americano de farinha de trigo

Preparo
1. Unte com manteiga uma forma de anel funda de 24x9cm, pois o bolo cresce muito.

2. Acenda o forno a 250º.

3. Bata no liquidificador os ingredientes 1 a 8 por um minuto. Acrescente o fermento e vá pondo aos poucos a farinha de trigo, com o liquidificador funcionando. Ponha o liquidificador no máximo e deixe bater por 1 minuto.

4. Verta na forma e leve ao forno por 35 minutos. Marque os primeiros 25 minutos, e gire a parte da frente da forma para trás, para corar o bolo mais homogeneamente. O palito enfiado no centro do bolo deve sair limpo. Deixe amornar sobre uma grade (veja foto 3).

OBS. : Se embolar na etapa 3, desligue o liquidificador e mexa com uma colher de sopa. Depois ligue na potência máxima até misturar bem.

Nota: Antes de fazer a receita leia o tópico Medidas Utilizadas para que ela saia certinha.

18 comentários:

  1. Olá Laura,estava navegando a procura de um bolo fácil de milho e achei sua receita, é simplesmente maravilhosa, já vou testa-la. Leila

    ResponderExcluir
  2. Oi Eu Amei a receita deste bolo e maravilhoso Parabêns !

    ResponderExcluir
  3. Edsônia Jucas-ce

    Ficou ótimo,é simples e maravilhoso...

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Só que achei pequeno.

    ResponderExcluir
  6. Fiz esse bolo e ficou delicioso

    ResponderExcluir
  7. Vou fazer parece delicioso mesmo.

    ResponderExcluir
  8. Não sei o que houve, ficou solado.vou fazer outra vez...

    ResponderExcluir
  9. Adorei essa receita o bolo fica delicioso!!

    ResponderExcluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. oi, gostaria de saber se coloca-se o ovo inteiro no liquidificador ou se separa a clara da gema e coloca em neve assim como quando se faz bolo de ovos.

    ResponderExcluir
  12. Regina...já foi fazer esta receita, estava a procura.

    ResponderExcluir
  13. Olá querida...
    Achei a receita maravilhosa, mas na prática não deu certo!!!

    ResponderExcluir
  14. A receita é muito boa, mas o
    fermento, não está muito ?

    ResponderExcluir
  15. Olá Laura!
    Sua receita é mesmo uma delícia!
    Era exatamente o que estava buscando.
    Parabéns!
    Marta

    ResponderExcluir
  16. Fiz um ficou uma delicia , toda a minha família aprovou !

    ResponderExcluir
  17. Adorei... eu só colocarei menos manteiga da proxima vez.. fiz no batedeira ! vou testar no liquidificador no fianl de semana... Delicia.

    ResponderExcluir

Use sua boa vontade e seja gentil.

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

“Cozinhar é um ato de amor”.

Link-me


“Só não erra quem não trabalha”.

Visualizações

▲Voltar ao topo