Cheesecake de Ricota e Cream Cheese


O velho ditado diz que “a dor ensina a gemer”. Após 1 ano e 3 meses com dor na coluna, resultante de uma cirurgia de hérnia de disco malsucedida – como muitos de vocês sabem --, a dor não me ensinou a gemer, mas a tornar minhas receitas simples ainda mais simples do que já eram, esquivando-me de aumentá-la. Passei então a evitar receitas muito demoradas e a usar marinex, em vez formas de fundo falso, tanto nas tortas doces como nas salgadas. Isto possibilitou-me o prazer de poder cozinhar, apreciar umas receitas gostosas e dar aos meus entes queridos a alegria de vê-los comer com satisfação umas comidinhas bem saborosas.

Este cheesecake* foi um dos resultados dessa fase de supersimplicidade. Além de ser muito prático de fazer, sua massa é de uma delicadeza ímpar.

Vocês devem ter notado que não utilizo a massa de biscoitos maisena na base do marinex, como é de praxe em cheesecakes. Não o faço em virtude de achar que ela altera o gosto suave da massa de queijos, todavia, se é do seu agrado, sinta-se a vontade para acrescentá-la, mas cuidando para que não seja espessa, caso use o mesmo marinex que eu, pois ele tem pouca altura.

Retornando ao cheesecake. Apesar de muito singelo, seu sabor é maravilhoso, dado pelo contraste inusitado entre o meio-doce e meio-salgado do recheio e o doce-azedo da cobertura. Não deixe de fazer e sentir o prazer de comer algo tão singular. E prepare-se para repetir, pois este cheesecake é mais, muiiito mais, do que delicioso!!!

*Aqui no Ceará, usa-se cheesecake como substantivo masculino.

Créditos: Massa baseada na receita do Cheesecake New York Classic do Blog From Our Home to Yours

Fotos 3a e 3b: Frente e verso do vidro de geléia de framboesa e vista de cima do cheesecake

Receita do Cheesecake de Ricota e Cream Cheese
Ingredientes *Colher de sopa: 15ml *Colher de sobremesa: 7,5ml *Colher de chá: 2,5ml 
Massa
1. 350g de cream cheese (uso Polenghi)

2. 350g de ricota fresca em pedaços pequenos (uso Sabor&Vida)
3. 3 ovos médios inteiros (entre 55-59g cada ovo com casca)
4. 300g de leite condensado
5. 1 colher de sobremesa de essência de baunilha

6. 2 colheres de sopa de suco de limão (30ml)
7. 2 colheres de sopa rasas de farinha de trigo

Cobertura*
. 2 vidros de cobertura de framboesa: Himbeer Sauce da Schwartau (250ml) (foto 3a)
. 1 colher de sopa rasa de polvilho doce
. 1 colher de sobremesa de água

Decoração (opcional)
. 16 framboesas frescas para decorar**
. Folhinhas de hortelã ou de casca de limão

Preparo
Massa
1. Unte com margarina até a borda e polvilhe com farinha de trigo um marinex redondo de borda filetada de 25x4,7cm. RESERVE.

2. Acenda o forno a 160º.

3. Meça e pese os ingredientes. Corte a ricota em fatias e depois em pedaços pequenos. RESERVE.

4. Amasse o cream cheese num prato fundo com ajuda de um garfo. RESERVE.

5. No liquidificador: ponha os ingredientes 2 a 5 e bata bem (2-3 minutos), na velocidade máxima, até obter uma mistura homogênea. Desligue o liquidificador e deixe descansar 1 minuto. Ligue novamente na velocidade máxima e acrescente o suco de limão e em seguida o creme cheese, de 4 vezes. Bata até incorporá-los. Baixe a velocidade para mínima e adicione a farinha de trigo, batendo só até incorporá-la. Dê umas batidinhas no copo do liquidificador contra a bancada para estourar as bolhas de ar maiores.

6. Verta no marinex e leve para assar por 35-38 minutos. Aos 30 minutos, quando a borda de trás do cheesecake fica estufada (mais alta que a borda do marinex), gire a parte da frente do marinex para trás usando duas escumadeiras, uma em cada mão, a direita empurrando para trás a alça direita do marinex e a esquerda puxando para frente a alça esquerda do mesmo, objetivando corar por igual, porque no forno a gás a temperatura é mais alta na parte de trás. Deixe assar mais 5-8 minutos ou até que a borda de trás também fique estufada. Sabe-se que está pronto quando toda a borda do cheesecake está estufada e o centro está consistente, de forma que tocando-o levemente com o dedo, este não fica melado, pois há uma fina crosta na superfície central. Desligue o forno e deixe a porta entreaberta uns 3cm com ajuda de um pano de prato dobrado. Retire o cheesecake após 20 minutos de ter desligado o forno e deixe amornar sobre uma grade. Faça então a cobertura. Espalhe-a sobre o cheesecake com ajuda de uma colher de sopa e leve para gelar por 2 horas; distribua então as framboesas frescas sobre a cobertura, coloque algumas folhinhas de hortelã entre as framboesas e sirva.

Cobertura
.Verta num papeiro o conteúdo dos dois vidros de cobertura. Ponha numa xícara de café o polvilho doce e a água, misture e adicione à cobertura. Misture bem e leve o papeiro ao fogo alto até começar a ferver e engrossar um pouco, sempre mexendo. Abaixe o fogo e deixe ferver por 1-2 minutos para engrossar mais e cozinhar o polvilho, mexendo constantemente. Após verter a cobertura no cheesecake, RESERVE o papeiro com o restinho de geléia para pincelar as framboesas frescas.

Decoração (opcional)
.Imediatamente antes de servir, acrescente 2-3 colheres de chá de água (10-15ml) à geléia reservada no papeiro, aqueça e pincele as 16 framboesas frescas com um pouco dela, descartando as sementes, claro; distribua-as sobre a cobertura, no centro da forma (fotos 1 e 3b) ou como você achar mais bonita, acrescentando algumas folhinhas de hortelã (como eu não tinha hortelã em casa, retirei com uma faca, no sentido vertical, 4 pedaços de casca de limão e recortei-as com tesoura, dando-lhes o formato de folha – um recurso que uso sempre que não tenho hortelã).

*Você pode optar por qualquer tipo de cobertura: geléia de morango, de goiaba, de frutas vermelhas, de framboesa etc. Se a geléia for espessa, adicione um pouco de água e leve ao fogo para torná-la mais fina.

**Acredite, comprei uma caixinha de 100g de framboesa e só consegui salvar 16 unidades bonitinhas para a decoração. Cozinhar aqui em Fortaleza não é fácil... Mas o diacho é que adoro esta cidade, mesmo com suas dificuldades de bons produtos culinários.

7 comentários:

  1. amiga querida..que lindo ficou..e..eu amo seus detalhes ao transmitir a receita...um natal iluminado para voce e sua familia..bjus..li

    ResponderExcluir
  2. Minha amiga

    Sua delicada sobremesa pode ser simples de preparar, mas ninguém precisa saber, porque ficou magnifica!

    E saiba que os cearenses não são os únicos que encontram dificuldades pra achar produtos diferenciados não, pois aqui em BH eu nunca nem vi framboesa pra vender...que desilusão...rsss

    O que importa é que tudo ficou perfeito!

    Grande abraço

    ResponderExcluir
  3. Olá, Laurita,

    Que belo cheesecake, as fotos ficaram maravilhosas, uma bela tentação, a foto da fatia, especialmente, ficou mais do que provocante, rsrs.
    O certo, na minha opinião, é dizer mesmo 'o' cheesecake, já que a tradução literal é 'bolo de queijo', não é verdade?
    Parabéns pelo belo trabalho!

    Beijoca, boa noite e bom domingo!

    ResponderExcluir
  4. Olá, amei as suas fotos. Estão lindas e parabéns pela receita. Amei. Estava procurando uma receita que parecesse a de um cheesecake que experimentei no P.J Clarke's (http://www.locamob.com.br/p.j.-clarkes/details) e amei. Acho que a sua está bem parecida. Obrigada

    ResponderExcluir
  5. rs rs rs TUDO, menos receitinha simples. Olha, quando postar uma receita aqui, se for simples diga que é simples de preparar, se for de médio preparo, diga que a dificuldade é media, se for como esta, complicada, diga só a verdade, preparo complicado. Não diga que é simples, sem que realmente o seja.

    ResponderExcluir
  6. Realmente suas receitas são simples facilitando o preparo por pessoas sem muita prática na cozinha. Espero que leve meu comentário como construtivo suas receitas são lidas em um alcance ilimitado acho que poderia não usar termos regionais, sei que fazem parte do seu dia a dia mas dificultam o entendimento de sua explicação. O
    brigada

    ResponderExcluir
  7. Realmente suas receitas são simples facilitando o preparo por pessoas sem muita prática na cozinha. Espero que leve meu comentário como construtivo suas receitas são lidas em um alcance ilimitado acho que poderia não usar termos regionais, sei que fazem parte do seu dia a dia mas dificultam o entendimento de sua explicação. O
    brigada

    ResponderExcluir

Use sua boa vontade e seja gentil.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

“Cozinhar é um ato de amor”.

Link-me


“Só não erra quem não trabalha”.

Visualizações

▲Voltar ao topo